Plantio em Sistemas Agroflorestais: como funciona?

Notícias

Plantio em Sistemas Agroflorestais: como funciona?

Os SAFs estão se consolidando como uma alternativa benéfica tanto para o agricultor quanto para a natureza

Provavelmente você já ouviu falar na importância do uso dos Sistemas Agroflorestais (SAFs) no campo para a ajudar a conservação e sustentabilidade do meio ambiente. Entretanto, você sabe como funciona na prática adotar esse sistema?

Acompanhe nossa matéria para aumentar seus conhecimentos sobre os Sistemas Agroflorestais.

A preservação do Meio ambiente

Como sabemos, a preservação do meio ambiente é fundamental pois é nele que se encontram os recursos naturais essenciais para a existência de vida na Terra. Sem eles, todas as formas de vida no planeta seriam extintas.

A água, a energia solar, o petróleo, o carvão mineral, o gás natural, as plantas e os animais são exemplos de recursos da natureza que usamos no nosso dia a dia.

O crescimento do agronegócio

Nas últimas décadas, o Brasil se tornou uma verdadeira potência no segmento agropecuário, alcançando a posição de terceiro maior produtor mundial de alimentos, ficando atrás somente da China e dos Estados Unidos.

Segundo a pesquisa do Censo Agropecuário, Florestal e Aquícola de 2017, principal e mais completa investigação sobre a produção agropecuária do país, realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), 41% da área total do território nacional é ocupada por estabelecimentos agropecuários.

Levando em consideração que vivemos em um país de extensão continental – o Brasil possui uma área territorial quase do mesmo tamanho que a área da Oceania e um pouco menor do que a da Europa – conseguimos entender a dimensão da agropecuária para o país e, consequentemente, dos seus impactos ambientais.

O fato é que o agronegócio depende da natureza, uma vez que a produção agropecuária é realizada diretamente no meio natural e recorre aos seus recursos para acontecer.

O sistema de produção utilizado na agropecuária influência muito na conservação ou degradação dos recursos naturais. O uso inadequado do solo, da água, das plantas e dos animais gera consequências devastadoras para a sociedade e o meio ambiente.

Portanto, é imprescindível que se associe o momento favorável de desenvolvimento agropecuário em que o país está atravessando a sistemas de produção que visem a preservação do meio ambiente.

Em outras palavras, é preciso garantir que o entusiasmo do desenvolvimento socioeconômico do agronegócio brasileiro, não abale a preocupação com a sustentabilidade ambiental.

Pensando nesse contexto, a utilização de Sistemas Agroflorestais (SAFs) surge como uma excelente alternativa a ser adotada pelos produtores agropecuários.

O que é um Sistema Agroflorestal?

É um sistema de produção inspirado na dinâmica da natureza, onde florestas perenes, as plantas de ciclo de vida longo, convivem com espécies cultivadas, como árvores frutíferas, ervas e raízes, e podem ter também a criação de animais convivendo no mesmo espaço.

Em outras palavras, neste sistema o agricultor planta e cultiva árvores e produtos agrícolas na mesma área que ainda pode servir de pastagem para animais.

Os Sistemas Agroflorestais (SAFs) buscam o equilíbrio entre a produção de alimento e a natureza.

Por meio da utilização dos SAFs é possível associar a produção agropecuária aos serviços ambientais tão importantes para a preservação do meio ambiente.

O que são serviços ambientais?

São serviços que a natureza oferece ao homem e que são indispensáveis para a vida na Terra, estando associado também à qualidade de vida e bem-estar da sociedade.

Alguns exemplos de serviços ambientais são: produção de oxigênio e purificação do ar realizada pelas plantas, a força dos ventos e das marés, a capacidade de produção e fornecimento de água pelo nosso planeta, entre outros.

Para entender como funciona a melhora dos serviços ambientais que os SAFs proporcionam, descrevemos abaixo os principais benefícios deste sistema para o meio ambiente:

Melhora do microclima

Ajuda na estabilidade da temperatura tanto do solo como do ar, tornando-a mais agradável para os agricultores, plantas e animais.

Melhora da qualidade do solo

Todas as espécies cultivadas, assim como os organismos nativos que habitam os SAFs auxiliam na recuperação do solo, aumentando a quantidade de nutrientes, a produção de biomassa e diminuindo a incidência de erosão.

Preservação do ciclo da água

A melhora na qualidade do solo facilita a sua infiltração, alimentando o lençol freático e, consequentemente, fortalecendo as nascentes e mananciais superficiais de água.

Diminuição de pragas

O aumento do equilíbrio ecológico contribui para a redução do ataque de pragas e doenças, tornando desnecessário o uso de defensivos na produção agrícola.

Aumento da polinização

A biodiversidade do SAFs facilita a transferência de grãos de pólen da antera de uma flor para o estigma da mesma flor ou de outra da mesma espécie, atuando diretamente na frutificação e reprodução das plantas.

Elevação do estoque de carbono no solo

O sistema contribui ainda para manter e recuperar as reservas de carbono do solo, tão importantes para reduzir os níveis de dióxido de carbono do planeta responsáveis pelo aquecimento global que afeta o clima da Terra.

Para que o Sistema Agroflorestal funcione bem é necessário um profundo planejamento seguindo uma lógica de produção, considerando o tipo de solo, clima, composição das espécies, objetivos do negócio, legislação, manejos, operação e custos.

Segue abaixo algumas dicas para se implantar um Sistema Agroflorestal:

  • Identifique as características ambientais do espaço a ser utilizado.
  • Delimite a área a ser trabalhada.
  • Escolha diferentes espécies e famílias para cultivar.
  • Opte pelas culturas que têm mais afinidade e familiaridade.
  • Combine plantas companheiras, benéficas e com potencial repelente.
  • Utilize técnicas de manejo que facilite o desenvolvimento sustentável da floresta.

Para saber mais sobre o assunto, acesse a matéria Sistemas Agroflorestais em comunidades.

Fontes:

https://mundoeducacao.uol.com.br/geografia/o-territorio-brasileiro-sua-extensao.htm


https://censoagro2017.ibge.gov.br/templates/censo_agro/resultadosagro/pdf/estabelecimentos.pdf


https://www.embrapa.br/busca-de-noticias/-/noticia/65068763/artigo—beneficios-dos-safs-mas-o-que-e-saf


https://cnabrasil.org.br/cna/panorama-do-agro

https://blog.sensix.ag/perfil-do-produtor-brasileiro-segundo-o-censo-agropecuario/


https://www.embrapa.br/busca-de-noticias/-/noticia/41144724/relatorio-aponta-a-importancia-da-polinizacao-para-a-agricultura-brasileira


https://www.manejebem.com.br/publicacao/novidades/como-iniciar-um-sistema-agroflorestal

Veja mais

Edital Regional – Nutrindo Soluções Locais – 4<sup>a</sup> Edição
Edital Regional - Nutrindo Soluções Locais - 4a Edição
Fundação Cargill abre inscrições para apoiar projetos de desenvolvimento institucional no Centro-Oeste
Fundação Cargill abre inscrições para apoiar projetos de desenvolvimento inst...
Fundação Cargill oferece aporte de até R$ 150 mil para seleção de 15 iniciativas socioambientais
Fundação Cargill oferece aporte de até R$ 150 mil para seleção de 15 iniciati...
Chamada Semeia Fundação Cargill 2024
Chamada Semeia Fundação Cargill 2024